hybrid

Se conseguimos atingir desempenhos deste nível num veículo do segmento C, foi graças à nossa paixão por desafios e à nossa busca da excelência. O PEUGEOT 308 R HYbrid pertence ao seleto clube dos carros que aceleram de 0 a 100 km/h em menos de 4 segundos.

DESENVOLVIDO PELA PEUGEOT SPORT

i

A PEUGEOT Sport refere-se sistematicamente às suas competências técnicas e ao seu histórico de vitórias em competições para determinar as características técnicas e a localização ideal de cada componente. Assim, o grupo motopropulsor reúne três fontes de potência que podem motorizar o veículo de maneira independente:
- o motor de 4 cilindros a gasolina 1.6L THP 270 S&S, dotado da mais elevada potência específica do mundo para esta cilindrada – um motor elétrico com uma potência de 85 kW/115 cv, acoplado a um câmbio de 6 marchas – um motor elétrico com as mesmas características, montado no eixo traseiro.

Para garantir um comportamento dinâmico impecável, o peso do veículo foi recentrado e rebaixado ao máximo. A bateria de íons de Lítio de 3 kWh exibe uma excelente relação entre potência e tamanho e está alojada debaixo dos bancos traseiros, no lugar do tanque de combustível. Este último, com um volume de 50 litros, foi instalado no porta-malas por cima do motor elétrico traseiro e dos dois transformadores. Em sua busca pela perfeição, os engenheiros da PEUGEOT Sport reviram totalmente a concepção do fundo do tanque para melhor ajustá-lo aos outros elementos técnicos. Assim, o desempenho foi beneficiado pelos milímetros ganhos na altura.

O comportamento dinâmico do PEUGEOT 308 R HYbrid é fantástico, especialmente na saída das curvas, por causa da tração integral. O sistema de frenagem está à altura dos desempenhos, tendo à frente discos ventilados de 380 mm de diâmetro com quatro pistões e, atrás, discos de 290 mm. No entanto, eles não são utilizados em todas as frenagens porque a PEUGEOT Sport desenvolveu um grupo motopropulsor capaz de desacelerar com a ajuda dos motores elétricos em toda a gama de velocidades, a partir de 250 km/h. Além de preservar os discos e as pastilhas, este sistema de reaproveitamento da energia da frenagem é uma das três soluções de recarga da bateria.